Quando começamos a implantar a estratégia celular em minha igreja, ouvi muitos comentários do tipo: “Eu não fui chamado (a) para liderar.” “Posso estar junto ajudando alguém, mas não tenho talento para levar um grupo adiante”.

Infelizmente, nem todos percebem o engano que está por detrás dessas frases e outras expressões do tipo. Quando Deus criou o homem a Sua imagem e conforme a Sua semelhança (Gn. 1: 26-28), Ele depositou dentro do homem todos os atributos que são inerentes a Si.

A palavra semelhança, nos escritos originais desse texto, refere-se a uma fotocópia, uma xerox. Fica difícil imaginar, Deus com timidez, com dúvidas a respeito do seu chamado ou fazendo declarações semelhantes às citadas acima. Sabemos que Deus é soberano, mas, uma parcela da sua autoridade foi compartilhada com o homem, pra quê?

Para dominar, ser fecundo, multiplicar, se espalhar e tais atividades são responsabilidades latentes na vida de um líder. Dessa forma, concluímos que Deus compartilhou com o homem a sua próprio essência de LIDERANÇA.

Todos nós somos líderes, até mesmo aqueles que não tem nenhuma experiência. Deus colocou dentro de nós um potencial a ser desenvolvido no quesito do auto-domínio para construirmos uma esfera de influência.

Assine nossa newsletter e receba conteúdo exclusivo.

Portanto, somos em primeira instância, líderes de nós mesmos. Líderes da nossa jornada, seres humanos dotados com a mente de Cristo para sermos fecundos, produtivos, realizadores de boas obras! Colheremos os devidos resultados, ao passo que decidirmos aceitar isso. Certa vez argumentei com o Senhor sobre uma proposta ministerial que Ele havia me feito e eu disse: “Sou muito nova pra isso, sem experiência e além de tudo, tímida.

Como o Senhor espera que isso funcione sob a minha liderança?” Prontamente o Espírito me perguntou: “Karol, você é mais inteligente do que Eu? Respondi: “De forma nenhuma, Senhor!” Ele acrescentou: “Então por que você está dizendo que não pode fazer algo que Eu já disse que você pode fazer?!” Foi motivo de reflexão por vários dias até que decidi me render, e não é que está funcionando? Rs!

Temos o costume de pensar que líderes nascem prontos, que são perfeitos e usamos isso como desculpa para não assumirmos a postura que nos cabe. Esquecemos que na escola da vida, todos somos aprendizes e isso não nos impede de sermos líderes.

Todos temos o que aprender e o que ensinar. Nossa experiência com Deus, por mais simples que seja, é algo sobrenatural e pode transformar a vida de alguém.

É só uma questão de se render ao propósito divino e um bom começo é começar por você! Se lidere, faça um experimento com você mesmo! Comece gerenciando seus pensamentos, trazendo disciplina ao seu comportamento, mentoreando suas escolhas e quando menos esperar estará atraindo seguidores e formando nos outros, o bem que você mesmo se causou.

Ninguém deseja ter um líder fraco, e, na jornada cristã, forte é aquele que tem o domínio de si dominar! Todos são líderes, basta começar a liderar!