Por que minha célula não cresce?

2

Bom… Uma pergunta que sempre me faziam enquanto eu liderava célula era: qual o segredo para fazer uma célula multiplicar? Atualmente estou na Austrália estudando e ainda não abri célula ou Connect Group como eles chamam aqui.

A verdade é que se existisse um caro kit com todos os passos que o líder precisa fazer para que sua célula multiplique, muitos, pra não dizer todos, pagariam para obtê-lo e assim ter êxito em suas células! Obviamente todos os que investem tempo, recursos, energias em algo, deseja ter sucesso nisso.

Nos pequenos grupos – não sei qual o nome sua denominação usa, mas estamos falando da mesma coisa; PG, célula, conect group, etc – a história não é diferente. Conheço muitos líderes com o coração completamente apaixonado pelo Senhor e por pessoas, que têm orado, jejuado, evangelizado…

Mas que infelizmente não têm tido êxito em suas células, e claro, a inevitável pergunta nos salta, mesmo que não expressada em palavras muitas vezes: “Por quê?”

O propósito deste artigo não é deixar aqui passos para você seguir, mas fazer você meditar sobre alguns pontos que vou chamar de “naturais”. Em anos dentro da igreja e trabalhando com gestão de pessoas em algumas empresas, tenho visto o quanto pessoas são movidas por algo muito simples, mas extremamente forte: a busca por aceitação.

Ok, não quero tornar este artigo perigoso, nem polêmico, mas observe as relações, as mais diversas, você sempre verá essa veia permeando-as: pais e filhos, amigos – o que na fase da adolescente às vezes se torna ainda mais perigoso -, casamento, pastor e ovelha, nós e Deus…

Todos queremos ser amados e aceitos como somos, a parte show é que sabemos que essa aceitação de Deus já foi providenciada pela Cruz! Coisa linda! É aquela famosa frase “Você não pode fazer nada para Deus amá-lo menos ou mais, Ele já o ama de forma incondicional, independente de seu desempenho”, mas além de Deus, também precisamos ser aceitos nas comunidades, no trabalho, em casa, na faculdade, na amizade. Afinal de contas, todos amam ser apreciados.

Mas o que todo esse papo “psicossocial” tem a ver com célula? Simples! Por que você abriu uma célula? A resposta mais certa do âmbito espiritual é: para ganhar vidas! Maravilha! Já temos meio caminho andado. Então vamos a algumas perguntas que você poderá responder mentalmente:

Você realmente se interessa por essas pessoas? Elas são de fato importante pra você ou fazem parte de um número (alvo) que você precisa alcançar para ser bem visto em sua comunidade espiritual?

É claro que as pessoas percebem isso em nós, elas conseguem muitas vezes sentir nossas motivações… Você consegue se divertir – é essa palavra mesmo – com a célula ou é uma peso semanal?

Assim como as crianças, os adultos também conseguem perceber se estamos nos divertindo com o que fazemos! Ok, não fique tenso (ainda, rs).

Se eu pudesse, ousaria dizer que o crescimento da célula tem muito mais a ver com a maneira como tratamos as pessoas do que quanto tempo gastamos de joelhos por elas – não me entenda mal, não estou falando que oração é ineficaz ou nada nesse sentido – mas, o propósito principal de toda célula é pastorear, conectar pessoas, e se estamos liderando com peso ou porque “precisamos fazer”, dificilmente alcançaremos êxito!

Se hoje você não tem essa alegria, comece orando para que Deus verdadeiramente lhe encha de amor, para que você seja natural, se interesse de fato pelas pessoas, se divirta enquanto organiza a célula da semana. Que não seja apenas mais uma coisa na sua vida que você tem que fazer! (porque afinal é o que esperam de mim).

Procure de forma natural e leve ter contato com elas, se disponha a “conectar-se” de fato com essas pessoas, elas são como ovelhas que não tem pastor! Encoraje sempre a participarem, seja sempre positivo nas suas colocações (elogios), há sempre algo bom nessa pessoa ou até mesmo na tarefa que não deu certo (feedback positivo e construtivo).

Há sempre pontos positivos. Lembre-se: para criticá-las, já existe o mundo. Imagine que ambiente gostoso uma célula que está sempre apreciando as pessoas e as aceita como são, enxergando o melhor de cada um.

Se as pessoas se sentirem assim será tão natural, como escovar os dentes todos os dias, convidarem outros para também experimentarem essa gostosa atmosfera de aceitação! Nós vamos fazer a diferença oferecendo coisas que, de fato, o mundo não sabe oferecer: amor e aceitação de graça. Temos uma fonte jorrando dentro de nós, há mais do que o suficiente para repartir.

Não são nossos louvores, dinâmicas, cadeiras ou lanches que farão as pessoas virem, sentirem-se bem e quererem chamar outros – isso o meio secular, na maioria das vezes, tem em melhor qualidade que nossas singelas células -, e sim, a atmosfera de amor e graça porque isso elas não acharão fora de Cristo.

Como igreja, nosso papel não é apontar o dedo para a vida das pessoa nunca! O papel de mudá-las e convencê-las é completamente do Espírito Santo – graças a Deus por isso, entender isso, é viver livre e sem peso – nós apenas cooperamos!

Então para finalizar e resumir, minha dica é: gere uma atmosfera de amor e aceitação na sua célula, você líder pode implantar uma nova cultura na sua célula, em que todos são encorajados, apreciados, queridos. Aceitos como são e com o que tem para contribuir naquele momento, em todos os aspectos.

Precisamos entender que muitas vezes as pessoas não se envolvem porque estão numa temporada da vida complicada, e precisamos ser graciosos em aceitar isso, independente do que elas tenham ou não para oferecer, pertencem tanto quanto aquele que é o seu braço direito.

Continue servindo as pessoas, algumas respostas demoram, mas quando vêm de dentro pra fora são permanentes, não force a barra com as pessoas, continue perseverando em graça e amor.

Lembre-se da persistência de Cristo em nos amar e nos querer mesmo pecadores! Eu oro para que haja graça mais que abundante em seu coração! Espero que você de forma alguma se sinta ofendido ou apontado através deste artigo, pelo contrário, o intuito é que seja apenas um instrumento para reflexão!

E como parte do corpo de Cristo, quero agradecer a você por seu tempo, energia e recursos. Obrigada por abraçar essa causa do Reino! Acredite, Deus está vendo todo o seu esforço e Ele conhece suas limitações e entende suas estações de vida, receba paz e refrigério da parte do nosso Papai!

Com carinho para todos aqueles que já são ou quererem ser líderes e também para os que não são e não querem ser.

Lorenna Dib Oliveira tem larga experiência com células. Atualmente cursa International Leadership na Hillsong College em Sidney, Austrália.

Posts Relacionados

21 Responses
  1. Nossa amei o artigo, acredito que buscamos de todas as formas “multiplicar a célula”, mais jamais pensei que o atrativo maior seria fazer a outra pessoa se sentir importante no meio onde está. Que Deus permaneça lhe abençoando.

  2. AS VEZES,O NOSSO AMOR SE LIMITA PELO TEMPO QUE PASSAMOS LONGE DAS NOSSAS OVELHINHAS ,AMA-LÓS É SIM FUNDAMENTAL , MAS AS VEZES CANSAMOS ,NÃO POR CAUSA QUE NÃO VEMOS EVOLUÇÃO ,MAS PELO RITMO DA NOSSA VIDA QUE É SEMPRE TÃO DESGASTANTE , NOSSA O FINALZINHO DESSA MENSAGEM É PARA FECHAR COM CHAVE DE OURO ,UMA PALAVRA DE CONFORTO !!

  3. Querida Lorenna,
    Quero aqui do fundo do meu coração te agradecer por este post!!! Nossa, como falou ao meu coração!!
    Não tenho como expressar minha gratidão, a não ser orando p/ que o Senhor te guarde e te dê mais sabedoria e graça para continuar a postar coisas tão legais, inteligentes e sábias como essa que postaste hoje.
    Deus te abençoe aí e nos abençoe aqui.
    beijos

Comente

Novos

Dinâmica - real ou falso