Otimizando o tempo para cuidar dos seus discípulos

0

Eu costumo chamar de célula extra, aqueles encontros de comunhão que naturalmente se programa baseado na afinidade dos integrantes. Logo no início, quando abri a minha célula, precisei me esforçar um pouco para me adequar a isso devido a minha rotina de trabalho e estudo.

Mas quando percebi o resultado que esses encontros proporcionam para a liderança, busquei em Deus uma maneira de conciliar tudo a fim de priorizar esses momentos em que podemos estar com nossos discípulos de forma mais informal para conhece-los melhor seja numa praia, numa sorveteria, um passeio ao shopping, cinema e etc.

Uma vez que Célula = Oração + Relacionamento, e boa parte do meu grupo não se conheciam antes da Prime, foi estritamente necessário admitir a “Célula Extra” como uma prioridade. Além do que, meu grupo era todo de novas convertidas e ao mesmo tempo que as meninas eram sedentas pela palavra, também estavam no processo de desligamento das práticas mundanas.

Bem diferente de mim que me converti aos 6 anos de idade, fui criada dentro da igreja e nunca me desviei. Algumas delas estavam se desapegando de vícios, todas com uma vida super badalada no mundo e querendo fazer algumas coisa na sexta-feira a noite para fugir dos convites indecentes propostos pelas antigas amizades.

Naquela época, eu estava gerenciando o departamento de Marketing de uma empresa de grande porte, ensinando na Escola Rhema, fazendo faculdade a distância, fazendo um curso de aperfeiçoamento duas vezes na semana, ensaiando para cantar todo final de semana na igreja e cumprindo algumas agendas extras do Celebrando a Verdade, incluindo um tempo para a célula semanalmente.

Mas sem saber como organizar tudo isso e afim de atender a necessidade das minhas discípulas! Por uma fase comecei a desejar que o dia tivesse 48h ou que eu tivesse mais energia para vencer o meu corpo e dormir menos, Rs! Calma! Tanto não é necessário se consideramos o que a palavra de Deus nos diz em Ec. 3: 1-8.

Em uma dinâmica aplicada na Célula, fiz minha própria versão para esse texto:

Há tempo para Amar, tempo para perdoar.
Há tempo para servir e tempo para descansar.
Há tempo para ser liderado e tempo para liderar.
Há tempo para plantar e tempo para colher. Tempo para mim e tempo para me doar. Há tempo para cantar e tempo para pregar. 
Há tempo para ensinar e tempo para admoestar. 
Há tempo para agir com seriedade e tempo para se divertir. Há tempo para ouvir e tempo para falar. Há tempo de calar, tempo para ficar só. Há tempo e graça para estar com uma multidão. Há tempo para aproveitar a solteirice e tempo para casar. 
Há tempo para IEVV Olinda, tempo para o Rhema, tempo para a Prime e tempo para o CV. 
Há tempo para trabalhar e tempo para folgar. Há tempo para estar com a família e tempo para os amigos. Há tempo para celebrar e tempo para clamar. 
Há tempo para sonhar e tempo para realizar. 
Há tempo para esperar! Há tempo para o Brasil e tempo para o Canadá! Há tempo para as outras nações também… Só não há tempo para desistir e para perder tempo com aquilo que me distrai da vontade de Deus para minha vida!

Pensar dessa forma, me livrou da sarjeta cultivada pelas pessoas que não sabem organizar suas prioridades e declaram o tempo todo: “Eu não tenho tempo!” Muitos não querem assumir a responsabilidade de liderar um grupo porque colocam a culpa na falta de tempo.

Quando colocamos Deus no controle de nossas vidas, Ele nos ensina como dividir as 24h que nos foi dada de forma que mesmo pressionados, não estaremos sobrecarregados, pois, no final de tudo, percebemos a graça e o favor Dele nos capacitando e nos renovando para cada tarefa!

Sendo assim, o Espírito Santo me deu uma dica valiosa para a fase inicial da minha célula que citei acima. Eu comecei a incluir as discípulas na minha rotina. Eu dei o primeiro passo de compartilhar com elas o meu dia-a-dia aproveitando cada oportunidade.

Ao invés de ficar reclamando da perda de tempo no trânsito ou em alguma fila, eu aproveitava para ligar para elas e assim podia acompanha-las através de uma conversa e também partilhar um pouco das minhas atividades afim de desenvolver afinidade.

Quando era necessário resolver alguma coisa externa do trabalho ou da igreja, eu as convidava para ir comigo e assim não apenas podia ouvi-las mas também ser ajudada, de forma que elas pensavam “10 mil vezes” antes de me cobrar ou me fazer exigências porque não apenas eu estava por dentro da vida delas, mas elas também estavam por dentro da minha vida e assim, como líder, eu ganhava tempo para mim e para elas.

Compartilhar as rotinas favoreceu o crescimento da confiança, logo, da amizade, e, chegou um tempo que manter essa estratégia passou de ser uma necessidade e tornou-se um prazer pelo simples desejo de estarmos juntas! Sempre que possível, combinamos algo extra, e, quando as agendas não se conciliam, entramos umas nas agendas das outras e assim nos ajudamos e aprendemos juntas a viver em grupo.

É certo que vez por outra, será necessário sacrificar alguma coisa para priorizar o que realmente importa. Se tudo for prioridade, então nada será prioridade. Por isso que mesmo numa rotina pesada, cheia de compromissos e circunstâncias, te aconselho a colocar em primeiro lugar o nosso Deus e os seus interesses, pois, no mundo “fast” em que vivemos, a melhor maneira para otimizarmos o nosso tempo é investir naquilo que é eterno!

Karol Araújo é Publicitária, líder do Ministério de Louvor Celebrando a Verdade e professora do Rhema Brasil. É apaixonada pela Estratégia Celular e cooperadora ativa na implantação e desenvolvimento de Grupos de Comunhão e Crescimento na Igreja Verbo da Vida em Olinda/PE.

Posts Relacionados

23 Responses
  1. Olá! A Paz! Amei esse artigo! É algo que creio que Deus começará a levar a minha célula a fazer. Eu amei o jeito que escreveu que devemos priorizar as coisas eternas e não perder tempo desistindo ou também com coisas que não tem relevância!
    Deus a abençoe!

  2. Nossa muito bom mesmo , tenho 15 anos e estou pra começara a discipular três adolescentes estava nervoso, com medo, mas creio que Deus vai me capacitar, agora sobre oque você falou não é um fardo e sim um prazer, muito feliz com oque faz nas nossas vidas e de cada um a nosso redor Deus,que Deus abençoe nossas células e nossos MDA,Deus é mais que maravilhoso <3 <3 Deus esta usando vocês, muito obrigado!!

  3. Paz de Cristo irmã, glória a Deus pela sua vida. Eu mudei de bairro recente, estou um pouco distante dos meus discipulos, são 4, sou lider de célula no sábado, eu posso fazer discipulado em 15 e 15 dias pra eu fazer 2 num sábado e 2 diferentes no outro e etc?…

    1. Olá Ivan, a paz!
      Seria interessante você conversar com sua liderança a respeito porque embora a estratégia seja a mesma em várias denominações, algumas igrejas aplicam de forma diferente. Eu sugiro que você converse com eles e siga as orientações que forem dadas diretamente por eles. Mas, independente da distância e do tempo, o bom é se esforçar para manter o contato sempre e assim criar vínculos que perdurem.

    1. A paz Henrique! Muito pertinente sua pergunta.
      Penso que tudo na Célula parte de um interesse comum. Independente da disponibilidade de tempo, todos devem ter o foco no crescimento e multiplicação. Se você tem tempo livre e seus discípulos não tem tanto tempo livre assim, organize-se de maneira que vc otimize este seu tempo livre em oração por eles, pois quanto mais você orar, mais você conseguirá chegar no coração deles. Inclusive aproveite este tempo de oração para gerar no espírito o tempo livre que seus discípulos precisam para investir na obra do Senhor. E assim você pode programar com eles uma forma de conciliar o seu tempo livre com o tempo ocupado deles, sempre se disponibilizando para ajuda-los no for necessário de maneira que assim você esteja sempre presente na vida deles. Tenha em mente que o líder nasceu para servir! Eu já me disponibilizei para arrumar a casa de uma discípula que não tinha tempo devido aos afazeres domésticos. E juntas organizamos a casa dela enquanto conversávamos e eu a influenciava. Acredito que esse é um bom caminho!

  4. Nossa, você me deu uma luz. Tenho sofrido muito com esse impasse de tempo, não sei mais o que fazer. Trabalho, faculdade, Esposa, filhos, célula, louvor da igreja. Não tenho tempo pra conseguir discipular corretamente o pessoal da minha célula. Mas vou orar mais e como seu conselho priorizar as coisas de Deus. obrigado Karol….

  5. A Paz de Cristo! Que lindo testemunho . amei a ideia ..bacana essa de trazer pra perto… Compartilhar as rotinas… Bênção!!! Achei uma ótima ideia para se aplicar no discipulado também…

    Deus te abençoe e que você venha crescer mais e mais no Senhor!

    Aline / São Paulo

  6. Boa tarde, obrigada pela mensagem, estou(estava) me sentindo assim, tanta coisa para fazer, e esquecendo da prioridade da minha célula. Certamente abriu meus olhos, e começarei a praticar seu ensinamento. Obrigada pela Palavra. Beijo

  7. Boa tarde amada irmã, que a paz seja contigo, falou tudo e mais um pouco, tenho praticado isso na minha célula e tem feito a diferença, mas sempre podemos mais, por isso vou investir mais. Procurem pela visão do purê de batatas, Pr. Abe Huber.
    Att,

    Felipe Alves
    Igreja do Evangelho Quadrangular-44º reg.
    Min. Pastor Manoel e Equipe.
    facebook.com/gtaieq

Comente

Novos