Oração

Oração22

Não há ganho em fugir desse lugar… No entanto estamos sempre tentando um atalho. Tentamos buscar resolver nossos dilemas, medos e ansiedades nos conselhos da internet.

Podemos até ocupar tão profundamente nosso tempo com os afazeres e trabalho, mas se nunca dobrarmos nossos joelhos diante Dele com o coração concentrado e disposto a ouvi-Lo e obedecê-Lo continuaremos carregados de culpa, medo, ansiedade e dúvidas.

Pois sem um encontro profundo com nosso criador, os atalhos são como um homem que se vê em um espelho e logo se esquece do que viu, logo esquece que é filho e por isso não precisa fazer por merecer, esquece que foi justificado porquanto não precisa carregar a culpa, esquece que a preocupação não acrescenta um só dia em sua vida, talvez apenas retire alguns!

Podemos tentar fugir desse lugar de quietude por precisar de “respostas mais rápidas”. Talvez respostas que nos permitam continuar em toda nossa correria, que não necessitam de um período de jardinagem.

Digo jardinagem porque a oração muito se assemelha a essa prática. É um processo lento que exige muito tempo, disposição e tranquilidade. Tão lento que às vezes nem parece estar resultando em algo. É acreditar na loucura de que ao enterrar uma semente tão pequena, a morte desta produzirá uma árvore grande e inabalável!

A loucura de fechar a porta e orar, sem antes ter usado todos os argumentos em vão para convencer alguém de seu comportamento errado, sem ter cobrado e condenado demais, sem ter tentado mudar ou exigir do outro, mas confiar que aquela semente uma hora vai romper e trazer convencimento genuíno, talvez realmente no outro, mas talvez descubra que era eu quem precisava ser genuinamente convencido.

É isso! persistir em fazer um pouco todos os dias! Pode não parecer eficaz agora, mas daqui alguns anos será a causa de nosso sucesso, ou não.

O fato é que realmente queremos entender a vontade de Deus, mas de uma forma “mais fácil”, esperamos que Ele seja claro e fale em nosso tempo e do nosso jeito.

Esperar em Deus pode ser difícil no começo, mas parece que vamos aprendendo: “Como é bom esperar tranquilo pela Salvação do Senhor.” (Lm 3:26)

Talvez um caminho fácil seja um livro, uma conferência, que obviamente tem muito proveito, mas é curioso, pois pode nos custar um preço alto e, ainda assim, continuarmos a nos sentir sem respostas!

Foi Santo Agostinho que afirmou ter gastado tanto procurando no exterior o que sempre esteve em perto dele. “A palavra está bem próxima de vocês; está em sua boca e em seu coração.” (Dt 30:14).

Talvez sempre seja mais fácil ouvir o Moisés falando de suas experiências, do que subir num monte alto e tenebroso e ter nossas próprias experiências.

Às vezes consideramos mais fácil umedecer nossa alma com experiências alheias enquanto continuamos a correr, do que encharcar nossa alma deixando tudo de lado e mergulhando em sua presença.

Com certeza é uma tarefa árdua. Mas a verdade É que não vale a pena fugir dessa estreita estrada que nos leva a vida abundante e eterna.

Nos ajude a espalhar esse conteúdo. Compartilhe pelo

Whatsapp

Copie o link, faça o download das imagens e divulgue 😉

https://bit.ly/3fptlzF

Casada com Luís Guilherme. Filha dos pastores Jackson e Meila. Adoradora. Espontânea. Supervisora de células de crianças na Paz Church Palmas/TO. Uma filha vivendo pela graça de Deus.

Posts Relacionados

Comente

Novos

O encargo de um supervisor de células
Oração
Dinâmica - real ou falso
Dinâmica: língua dos sinais
Dinâmica: Jogo da Velha com Copos
Dinâmica: As boas novas